Avançar para o conteúdo principal

Em Destaque

DO CLÁSSICO AO FANCY - ELEMENTOS CHAVE PARA UMA DECORAÇÃO DE SONHO

Durante muitos anos, as casas nobres eram decoradas com mobilias clássicas, feitas à mão e com materiais muito ricos e não era qualquer pessoa que os conseguia adquirir. Hoje em dia estes elementos continuam na moda, com algumas modificações que permitem conjugá-los com outros objetos decorativos, criando um ambiente único. Do quarto à sala existem vários tipos de móveis clássicos que conseguem mudar facilmente a decoração da divisão. Nomeadamente os sofás e cadeirões que podem ser usados junto à cama como habitualmente se vê, ou separadamente como se fossem apenas assentos. Passando para o quarto (a minha parte preferida) podemos encontrar diversas cabeceiras que dão toda uma personalidade à cama. Está na moda este tipo de cabeceira, almofadada com um contorno em prateado, dourado ou branco. Algumas das minhas preferidas: Ainda no quarto, temos também um movél essencial que completa toda esta decoração clássica e dá um toque clean: o toucador. No meu quarto não dispenso este móvel, pr

A minha opnião sobre Bangkok

Bangkok é a capital da Tailândia e é uma  das cidades mais populares do mundo, com cerca de 8 milhões de habitantes (dados estatísticos de 2011). 

Wat Pho, Bangkok


Wat Arun, Bangkok

Milhões de pessoas passam todos os dias pelas inúmeras ruas de Bangkok, a imensidão do trânsito  está bem visível, incluindo as famosas Tuc-Tuc's que todos os turistas não resistem em experimentar. Depois de ler e ouvir muitas opiniões sobre esta cidade, percebi que 50% das pessoas adoraram Bangkok e as outras 50% odiaram, e esperam não meter lá mais os pés (risos).
Felizmente, não ia com muitas expectativas, porque algumas pessoas que já lá estiveram, falaram-me mesmo muito mal da cidade, começando pelo cheiro característico (que eu até gostei), à confusão, à falta de higiene nas ruas, taxistas que tentam extorquir o dinheiro dos turistas, comida mal conservada, poluição a torto e a direito, enfim...uma data de motivos, que eu entendo, mas também consigo ver as coisas de outra forma, porque no fundo é uma realidade totalmente diferente de Portugal e de outros países na Europa, e a maioria das pessoas não está preparada para enfrentar uma realidade diferente da que vive.
Surpreendi-me imenso. Adorei a cidade e espero voltar em breve para ver as mil e uma coisas que não consegui ver.



Park Lumpini, Bangkok

Existem centenas de templos espalhados por toda a cidade, edifícios enormes e com um aspecto rico, centros comerciais, parques naturais, mercados, restaurantes, metro, comboio, tudo o que uma grande cidade tem!
Nesta cidade consegue-se distinguir muito bem o rico e o pobre, é algo bastante surreal na minha opinião, consegues ver edifícios luxuosos, como barracas, pessoas com carros de luxo (Ferraris) e outras com carros mais velhos.
 O rio é bastante poluído mas aconselho-vos a irem dar uma voltinha de barco, consegue-se observar um pouco da cidade e é engraçado a maneira deles guiarem os barcos. Vamos falar das motas? As motas são o meio de transporte mais prático, ultrapassam os carros e chegam ao destino rapidamente. Cerca de 3 pessoas numa mota acham muito?! É mesmo assim como eu vos estou a contar, 3 pessoas numa mota, sem capacete nem qualquer outro tipo de segurança.
Bangkok e a sua excentricidade conquistou-me completamente, e acredito sem dúvida que também irá conquistar muitas pessoas como eu: que gosta de conhecer outras realidades.
Pesquisar é fundamental, não digo só pesquisar sobre a cidade em si, mas a sua cultura e costumes também são muito importantes.

Não vi a minha passagem  por Bangkok apenas como umas meras férias, mas sim como uma aprendizagem, conhecer as pessoas, a vida que elas vivem, o que elas te fazem sentir, é tudo uma experiência muito boa.

Nos próximos posts falarei um pouco do que visitar nesta cidade incrível.

Beijinhos,
Márcia

Comentários

  1. Que vontade de começar uma temporada de exploração pela Ásia! Parabéns pelo post!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste momento, só tenho vontade de voltar! Se não fosse os meus animais de estimação e o trabalho, pode ter a certeza que já estava lá! Vale muito a pena, é uma nova experiência e um lifestyle completamente diferente.
      Obrigada pelo comentário =) Beijinhos

      Eliminar
  2. E não viste muitos acidentes, tendo em conta o trânsito caótico e o modo desleixado como conduzem? Três pessoas numa mota... 😆

    ResponderEliminar
  3. Não vi nenhum acidente por incrível que pareça! xD

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Publicações em Destaque

Publicações mais vistas

Publicações mais visitadas